Quem Somos

BPO Tecnologia Ltda, com sede na México, 31, sala 1902, CEP 20031-904 – Rio de Janeiro – RJ, CNPJ número 16.988.572/0001-60. Nossos websites são Aluga.com, BPO Tecnologia, Aluguel de Notebook.com.br e BPOx.

O que são cookies?

Cookies são arquivos pequenos ou informações que são armazenadas em seu dispositivo ao visitar páginas na internet que os usam. Cookies não coletam nenhuma informação pessoal de seu dispositivo.

Sobre nosso uso de cookies

Usamos cookies em nosso website. Ao usá-lo, você consente ao uso de cookies. Alguns dos serviços e softwares que utilizamos também podem coletar cookies e outros dados não-pessoais, tais como, mas não limitado a: Google Ads, Google Analytics, Bing Webmaster, Gravity Forms, WordPress. As informações contidas nesses cookies são usadas somente para melhorar e personalizar nossos serviços, website e campanhas de marketing, e nunca serão vendidas para outras empresas.

Dados pessoais que coletamos

Pelo presente termo, BPO Tecnologia Ltda, com sede na México, 31, sala 1902, CEP 20031-904 – Rio de Janeiro – RJ, CNPJ número 16.988.572/0001-60, doravante denominados individualmente como PARTE, ou, em conjunto, como PARTES, se obriga à manter o mais absoluto sigilo com relação a toda e qualquer informação a que tiver acesso em nosso sistema de cadastro de clientes, sistema de pagamento e emails.

Para tanto, declara e se compromete:

a) a manter sigilo, tanto escrito como verbal, ou, por qualquer outra forma, de todos os dados obtidos com o seu preenchimento de nosso formulário de cadastro;

b) a não revelar, reproduzir, utilizar ou dar conhecimento, em hipótese alguma, a terceiros, de dados, informações científicas ou materiais obtidos no seu cadastro.

c) que todos os documentos contendo dados e informações relativas à você e sua empresa são de sua propriedade.

CLÁUSULA PRIMEIRA – DO OBJETIVO

Este termo de confidencialidade é firmado com o intuito de evitar a divulgação e utilização não autorizada das informações confidenciais trocadas entre as PARTES por ocasião da realização do preenchimento de nossa ficha de cadastro de clientes.

CLÁUSULA SEGUNDA – DAS INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS E OUTROS CONCEITOS

Para os fins deste acordo, serão consideradas confidenciais todas as informações enviadas através de nosso formulário de cadastro de clientes, armazenadas em qualquer um de nossos sistemas e caixa de email.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:

Serão, ainda, consideradas informações confidenciais todas aquelas que assim forem identificadas pela PARTE REVELADORA, por meio de imagens, fotografias ou quaisquer outras formas de mídia, ou que, devido às circunstâncias da revelação ou à própria natureza da informação, devam ser consideradas confidenciais ou de propriedade desta.

PARÁGRAFO SEGUNDO:

Em caso de dúvida sobre a confidencialidade de determinada informação, a PARTE RECEPTORA deverá mantê-la em absoluto sigilo, até que a PARTE REVELADORA se manifeste expressamente a respeito.

CLÁUSULA TERCEIRA – DO USO DAS INFORMAÇÕES CONFIDENCIAS

As PARTES comprometem-se a utilizar as informações confidenciais apenas no âmbito de análise de dados para a nossa segurança, sendo vedada tanto a sua divulgação à terceiros, quanto qualquer outra utilização que não seja expressamente permitida pela PARTE REVELADORA.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:

PARTE RECEPTADORA deverá dispensar às informações confidenciais da PARTE REVELADORA o mesmo zelo e cuidado com que trataria os seus próprios dados e deverá mantê-las em local seguro, com acesso limitado, apenas às pessoas autorizadas.

PARÁGRAFO SEGUNDO:

Em caso de qualquer falha na segurança das informações confidenciais, a PARTE RECEPTADORA deverá comunicar imediatamente à PARTE REVELADORA. A pronta comunicação da PARTE RECEPTADORA não exclui, entretanto, a sua responsabilização pelo defeito na proteção dos dados sigilosos.

CLÁUSULA QUARTA – DAS EXCEÇÕES À CONFIDENCIALIDADE

Não serão consideradas confidenciais as informações que:

a) Sejam ou venham a ser publicadas ou a se tornar públicas, desde que tais divulgações não tenham sido, de qualquer forma, ocasionadas pela PARTE RECEPTORA;

b) Tenham sido desenvolvidas pela PARTE RECEPTORA a qualquer tempo, a partir de fontes independentes do projeto de colaboração;

c) Tenham sido legitimamente recebidas de terceiros, desde que não derivadas de violação de dever de confidencialidade;

d) Sejam expressas ou tacitamente identificadas pela PARTE REVELADORA como não mais sendo sigilosas ou de sua propriedade.

CLÁUSULA QUINTA – DA REQUISIÇÃO JUDICIAL

Não será considerada quebra de confidencialidade a divulgação de informações ordenadas pela legislação ou por autoridade judiciária ou administrativa competente.

PARÁGRAFO ÚNICO:

Neste caso, a PARTE RECEPTORA deverá imediatamente comunicar à PARTE REVELADORA, apresentando-lhe a legislação referente ou a devida intimação judicial ou administrativa, para que esta sirva-se dos melhores recursos disponíveis para impedir a divulgação das informações reveladas.

CLÁUSULA SEXTA – DA QUEBRA DA CONFIDENCIALIDADE

PARTE que violar as obrigações previstas neste Termo deverá indenizar e ressarcir a outra PARTE pelas perdas, lucros cessantes, danos diretos e indiretos e quaisquer outros prejuízos patrimoniais ou morais que surjam em decorrência deste descumprimento.

PARÁGRAFO ÚNICO:

Por ocasião de sua violação, o Termo de Confidencialidade poderá ser imediatamente rescindido pela PARTE prejudicada, sem necessidade de aviso prévio e sem gerar, com este fato, direito a indenizações ou ressarcimentos.

CLÁUSULA SÉTIMA – DA VIGÊNCIA

O presente acordo possui caráter irrevogável e irretratável e inicia a partir da data de preenchimento de nosso formulário de cadastro de clientes.

PARÁGRAFO ÚNICO:

Ainda que a locação de equipamentos não seja concretizada, o dever de confidencialidade persistirá.

O presente Termo tem natureza irrevogável e irretratável, e o seu não cumprimento acarretará todos os efeitos de ordem penal, civil e administrativa contra seus transgressores.

E por estarem justas e acordadas, as PARTES concordam com estes termos ao preencher nosso formulário de cadastro de clientes.

Rio de Janeiro, revisado em 2 de março de 2020.